Domingo, 20 de Junho de 2021 20:11
Colunista VERBA MENOR

Orçamento para 2021 é aprovado com menos dinheiro para educação

Falta de recursos para áreas essenciais

25/04/2021 20h08
206
Por: Redação

Como já era previsto a crise mundial criada pela pandemia da Covid-19, trouxe consequências desastrosas para a população. No Brasil o desemprego  afetou cerca de 15 milhões de pessoas e tende a aumentar.  A alta abusiva de preços dos produtos alimentícios,  materiais de construção e outros, é preocupante.

Em meio a um cenário em que os brasileiros têm que gastar mais para comprar menos, o orçamento para 2021 é aprovado com cortes nos valores destinados aos segmentos essenciais da sociedade.  Áreas como Ciência e Tecnologia, Saúde e Educação tiveram os maiores cortes e terão que funcionar com menos dinheiro.

A Educação foi o setor que mais perdeu. O orçamento que  é de R$74,56 bilhões, comparado aos valores do ano passado, indica que houve uma diminuição  de 27%. A queda no orçamento foi maior do que o previsto pelo Ministério da Educação. Em agosto de 2020 se falava em um corte de 18,2%.

Com uma verba menor, as universidades que já contavam com um orçamento insuficiente no ano passado, terão muito menos recursos para  enfrentarem a pandemia. Sendo assim é possível que a educação básica também receba valores menores para o custeio de suas despesas.

Se verbas como Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) forem diminuídas, o que é bastante provável, as escolas que ofertam Ensino Fundamental e Médio ficarão sem condições de se manterem. A pandemia retirou dessas instituições a possibilidade de realizarem promoções através das Associações de Pais, Mestres e Funcionários (APMF), o que tornou a situação mais complicada. O dinheiro oriundo de promoções oferece às direções,  uma saída para o pagamento de despesas extras, uma vez que  o destino dos recursos estaduais e federais são determinados pelos órgãos competentes. Além da falta de dinheiro ainda é preciso saber lidar com a falta de autonomia.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Fátima Rocha
Sobre Fátima Rocha
Fátima Rocha é funcionária pública estadual e trabalha na área da educação há 30 anos. É estudante de jornalismo.
Maringá - PR
Atualizado às 20h03 - Fonte: Climatempo
15°
Poucas nuvens

Mín. 11° Máx. 21°

15° Sensação
4 km/h Vento
82% Umidade do ar
90% (2mm) Chance de chuva
Amanhã (21/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 19°

Sol com muitas nuvens e chuva
Terça (22/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 23°

Sol com muitas nuvens
Anúncio
Anúncio
Anúncio