Domingo, 26 de Junho de 2022
19°

Alguma nebulosidade

Maringá - PR

Cidades Infraestrutura

Jandaia do Sul lança novo projeto para preservação e recuperação de todos os mananciais que abastecem o município

Desde que foi iniciado, o projeto “Água É Vida”, realizado em parceria com o IDR-PR, Grupo Missiato, Cooperval e Sicredi, foram recuperadas aproximadamente 40 nascentes em Jandaia do Sul e a meta é aumentar para 100 nascentes restauradas nos próximos meses. A proposta, que visa promover, preservar e restaurar as nascentes degradadas do município, tem fortalecido o potencial hídrico dos mananciais e estimulado a sustentabilidade nas propriedades rurais.

10/04/2022 às 09h22
Por: Jornalismo Fonte: Assessoria
Compartilhe:
Jandaia do Sul lança novo projeto para preservação e recuperação de todos os mananciais que abastecem o município

Além de promover a recuperação do potencial hídrico das nascentes degradadas, o “Água é Vida” tem o objetivo de desenvolver uma consciência modelo em preservação de nascentes com vista a um trabalho de educação ambiental que seja um incentivo para Jandaia do Sul e região, conforme relata o diretor do Departamento de Fomento à Agricultura e Meio Ambiente, Geraldo Cesar Semensato (Dié).  

 

Para participar, o proprietário rural deve ir até o Departamento de Meio Ambiente para fazer a sua inscrição gratuitamente. Na sequência, a equipe do projeto fará o contato com o agricultor, visitará a propriedade para fazer um diagnóstico da nascente e, então, organizará um cronograma para implantação e condução do processo. O trabalho é realizado usando a tecnologia solo-cimento, tudo em parceria com o produtor, que se responsabiliza apenas por custear uma parte do material a ser utilizado. 

 

“O produtor que tiver mina assoreada, aberta, onde caem folhas, fezes de animais ou animais mortos, por exemplo, está apto a participar e deve procurar a nossa equipe”, orienta Semensato. Segundo avalia, o projeto traz grandes benefícios tanto para o proprietário rural quanto para a comunidade em geral, visto que a partir da intervenção, o manancial passa a liberar água em maior quantidade e qualidade e isso reflete, inclusive, na saúde da família rural. Atualmente, o projeto conta com 67 produtores inscritos.

 

Parceria com a Sanepar

 

Além do projeto “Água É Vida”, nesta última quinzena de março, o município fechou uma nova parceria com a Sanepar com o objetivo de identificar riscos atuais e futuros que impactam nos mananciais de abastecimento de Jandaia do Sul - que apresentam histórico de limitação operacional. O prefeito Lauro Junior aprovou a proposta e, na próxima semana, a equipe da Companhia de Saneamento do Paraná deverá iniciar um diagnóstico da bacia do Rio Marumbizinho. 

 

A proposta será conduzida de forma participativa, com entrevistas individuais e reuniões comunitárias com moradores próximos dos pontos de captação da Sanepar. Os produtores serão ouvidos para que contribuam com ideias de soluções possíveis para as questões de quantidade e qualidade da água dos rios e demais fontes de abastecimento.

 

"Este trabalho é fundamental no processo de educação ambiental dos mananciais, cujo foco principal é ter subsídios, com a participação dos proprietários rurais, para a intervenção em mananciais para a melhoria da qualidade e disponibilidade da água", afirma a gestora ambiental da Sanepar, Andrea Fontes.

 

Legado para o município

 

Semensato prevê que o projeto “Água é Vida”, em todas as suas vertentes, e projetos como esse em parceria com a Sanepar serão um legado de conscientização e preservação deixado para o município: “Vamos ampliar a consciência ambiental na população, que irá refletir no aumento da quantidade da água, na qualidade e na preservação desse recurso natural tão importante para a manutenção da vida”. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários