Domingo, 20 de Junho de 2021 19:06
Colunista Eliseu Fortes

A LIBERDADE MORREU DE COVID

DIREITA CRÍTICA

07/06/2021 09h58
1.514
Por: Redação
A LIBERDADE MORREU DE COVID

Qualquer presidente dos Estados Unidos é venerado como o “líder do mundo livre”. Na última eleição Americana esse título parece ter ficado vago. Não há nada a comemorar com a eleição de Joe Biden, assim como não há fundamento para lhe atribuir a liderança do mundo livre. 

 

Essa expressão (Mundo Livre) foi cunhada para descrever os países que foram vencedores da Segunda Grande Guerra Mundial que faziam frente à União Soviética durante toda a Guerra Fria. Logicamente, os Estados Unidos surgiram como o líder do Mundo Livre, onde havia a liberdade de todos os matizes (de imprensa, de reunião, de associação, etc...). Obviamente sob o regime comunista não existia nenhuma liberdade.

 

Com a chegada da pandemia da Covid-19, o que se viu foram os estados tidos como líderes do mundo livre, inclusive os EUA, cometendo tiranias de toda a ordem, sendo que os mesmos países que formaram o bloco para combater a União Soviética durante a Guerra Fria forçaram seus cidadãos a obedecer a ordens tirânicas sem ter de disparar um único tiro. Esse período mostrou que, mesmo dentro dos regimes tidos como capitalistas, a tirania estava escondida em algum lugar esperando o momento certo de aparecer e fazer com que o povo fosse submetido à vontade de alguns políticos.

 

Não seria crível, há 2 anos, se dizer que se uma pessoa fosse protestar em Washington D.C., seria interpretada como terrorista que está espalhando a morte pelo simples fato de não portar uma máscara cirúrgica. Por essas e por outras razões é que John Adams disse: “A liberdade, uma vez perdida, está perdida para sempre.”

 

O interessante é que os cidadãos da Rússia e da China estão experimentando mais liberdade do que os norte-americanos que fazem parte do Mundo Livre. Que Mundo Livre é esse onde não se pode sair de casa sem a permissão do governo e não pode andar nas ruas senão em horários permitidos pelo governo?

 

O Mundo Livre adoeceu e morreu de Covid-19. É evidente que a esperança nos movimenta no sentido de que ainda haveremos de recuperar nossa liberdade. Todavia, isso se dará à custa de muito sangue, suor e lágrimas. O mundo livre que vemos nos livros de história teve o seu fim com a pandemia de Covid. Tomara que em algumas dezenas de anos nossos filhos e netos possam recuperar a liberdade que perdemos por sermos incompetentes na luta para nos manter em um mundo livre e achar que o Estado Gigante era bonitinho e necessário.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Eliseu Fortes
Sobre Eliseu Fortes
Eliseu Alves Fortes. Advogado tributarista atuante. Formado em Direito pela UEM em 1998. Conservador. Entusiasta da intervenção mínima do Estado na esfera individual.
Maringá - PR
Atualizado às 19h02 - Fonte: Climatempo
16°
Poucas nuvens

Mín. 11° Máx. 21°

16° Sensação
9.2 km/h Vento
77% Umidade do ar
90% (2mm) Chance de chuva
Amanhã (21/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 19°

Sol com muitas nuvens e chuva
Terça (22/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 23°

Sol com muitas nuvens
Anúncio
Anúncio
Anúncio