Sábado, 04 de Dezembro de 2021
31°

Poucas nuvens

Maringá - PR

Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Comissão aprova convocação de ministro para explicar exploração de petróleo perto de Noronha

Divulgação/Marinha do Brasil Leilão prevê exploração de áreas próximas a santuários ecológicos A Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados apro...

24/11/2021 às 23h45
Por: Redação Fonte: Agência Câmara de Notícias
Compartilhe:
Leilão prevê exploração de áreas próximas a santuários ecológicos - (Foto: Divulgação/Marinha do Brasil)
Leilão prevê exploração de áreas próximas a santuários ecológicos - (Foto: Divulgação/Marinha do Brasil)

A Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (24) a convocação do ministro do Meio Ambiente, Joaquim Álvaro Pereira Leite, para debater licenciamento ambiental e explicar os impactos turísticos da exploração de petróleo na Bacia de Potiguar. A convocação atende a requerimento do deputado Felipe Carreras (PSB-PE).

A Bacia de Potiguar está muito próxima aos santuários ambientais de Fernando de Noronha e Atol das Rocas. A inclusão da área na 17ª rodada de licitação de blocos para exploração de petróleo e gás da Agência Nacional de Petróleo (ANP) gerou protestos de ambientalistas e de entidades ligadas ao turismo.

Felipe Carreras lembra que, em 2019, vazamento de óleo no litoral nordestino trouxe muitos prejuízos à região. “Nossa memória recente faz com que observemos a exploração de petróleo com certo receio. De forma alguma entendemos que a atividade não deva acontecer, mas temos plena convicção de que o desenvolvimento de uma atividade econômica não pode prejudicar o meio ambiente e nem outras indústrias, como a turística”, afirma.

Diferentemente do convite, na convocação a autoridade é obrigada a comparecer à Câmara, sob risco de cometer crime de responsabilidade em caso de ausência.

Ainda não há data definida para a audiência com o ministro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários